Rainbow sounds...

Loading...

11 novembro 2007

Colours of a castle above the stars

No silêncio da noite...

Sob o céu estrelado e um castelo de encantar,

o Mundo pára de girar,

o Tempo deixa de existir,

e o Espaço é infinito...


O brilho do olhar é mais intenso que o das estrelas...
O Amor É!
Em cada momento que partilhamos...
Em cada palavra sentida que sai de dentro e ecoa no coração do outro...
Em cada gesto, em cada loucura...
O Amor É!
A distância é percorrida pela Alma em breves segundos,
tornando possível a ausência de saudade,
sentindo a presença
de ti aqui,
de mim aí...
O Amor é!
Sentido a cada instante...
como uma força imensa que sai do peito e envolve tudo e todos à volta...
Sorriso aberto e simples...
partilhado com quem passa...
por estar(es) aí(aqui)...

Saímos da tela... Somos! Existimos! Sentimos!

Bjs coloridos



19 outubro 2007

Partilha...





Fiz, com a Princesa, bolo de alfarroba e de chá da Jamaica.


Tudo a 4 mãos, a cantarolar "Yemaya Assessu" da Deva Premal, e na conversa e nos risos...




E partilhei-o...


Fica o momento... sem palavras, que essas foram sentidas na altura, e ditas.



Adorei...
Obrigado por este lanche!
Até ao próximo... em frente ao mar.
Bjs coloridos


15 outubro 2007

Colours of a life!



Um dia fez-me sentido ouvir com atenção "Muda de vida" cantado e animado pelos Humanos.

Alguém me levou a escutar no silêncio esta música...

Desde então, fez-me sentido mudar de vida... E procurei dentro e fora de mim, as respostas, as dúvidas, as certezas, as incertezas...

E num mundo que me parecia correcto (que o era naquela fase) fui dando vida às várias cores que em mim existiam... Qual arco-íris...

Só me fui esquecendo de as interligar e enlaçar... para que pudessem ser unas, sendo únicas e preciosas...


Nessa busca muito aconteceu... Cresci... Mudei... Tomei consciência... Chorei... Fiquei quieta... Desatinei... E tantas coisas acabadas em "ei", tais como: ficar adormecida! (era uma piadita, a parte do terminada em "ei"...lol...)


E sempre na procura de mudar de vida, fui-me separando de mim de novo... Como se fosse possível ausentar-me da minha própria vida e do que sou...


Então, num outro dia, surgiu um outro Alguém, que me perguntou no silêncio da conversa: "e que "vida" achas tu que deves mudar?"



E abriu-se um vazio... Compreendi que estava a tentar mudar a vida que criei na ilusão da mente, e que desperdiçava a cada instante a mais valia de estar viva... na minha vida... tal e qual ela é!

Compreendi que estava a querer mudar por comparação ao que tinha vivido e também ao que gostaria de viver... E esquecia-me constantemente do presente: aqui e agora!



E SENTI!!!!

Sinto-me feliz... Aqui e agora, com tudo o que existe para mim, nesta maravilhosa existência.

Sinto-me grata por estar viva e ter oportunidade de respirar, de sorrir, de cantar, de contemplar, de Amar...


Shukran Universo, por em cada momento me cruzares com Seres que me tornam mais centrada, mais real, mais Amor...


Uma semana cheia de cor e de Luz.


Bjs coloridos!